quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Certificação 8Ps do Marketing Digital...

Atualmente o que mais se tem escutado no mercado é sobre a falta de profissionais de marketing digital competentes e que aliem o conhecimento teórico com a prática do dia a dia. A demanda por tais profissionais é bem maior do que a oferta destes no mercado. O resultado são alguns dos mais altos salários da indústria da tecnologia da informação para recém-contratados.

Segundo reportagem da Revista Exame, no portal da Abril, o número de internautas no país ultrapassou 80 milhões em 2010, o e-commerce teve crescimento de 40% com relação a 2009 e o principal: o investimento em marketing digital das empresas atingiram 10% da verba de marketing das empresas, com previsão de aumento de 90% até 2014, ou mesmo antes.



sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Anac vai liberar eletrônicos durante pousos e decolagens de aviões...

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou à INFO que já estuda as determinações da FAA, órgão que regula voos comerciais nos EUA, para permitir o uso de aparelhos eletrônicos durante toda a viagem aérea. Entretanto, ainda não há previsão para a medida entrar em vigor no país.

Na última quinta-feira (31), a FAA anunciou que em breve será possível usar dispositivos móveis durante todos os voos nos Estados Unidos.

"No Brasil, esta expansão no uso de equipamentos eletrônicos a bordo deverá ser promovida pela Anac junto com os operadores. Até que isso seja feito e se possa garantir que esta operação é segura, as restrições atuais devem continuar sendo seguidas", disse a agência.

Atualmente, smartphones, tablets ou notebooks precisam ser desligados durante pousos e decolagens, mesmo que eles estejam em modo avião.

Com a nova medida, seria possível usar esses e outros dispositivos, como videogames portáveis e leitores digitais, durante todo o percurso aéreo. No entanto, não será possível fazer chamadas telefônicas nem usar internet 3G ou 4G.

A novidade trará benefícios não só para os passageiros, mas também para as companhias aéreas, que poderão eliminar essa etapa do procedimento de decolagem, acelerando o processo.

Apesar de não ter previsão de quando isso de fato será possível nos voo nacionais, a medida só entra em vigor nos EUA no "fim do ano", segundo a FAA. Sendo assim, é pouco provável que algo aconteça antes disso no Brasil.