quarta-feira, 30 de maio de 2012

Tráfego de internet no Brasil vai crescer 8 vezes até 2016


O tráfego de internet no Brasil deve aumentar em oito vezes em quatro anos, chegando a 3,5 exabytes (ou 3,5 bilhões de gigabytes) por mês em 2016. Isso equivale a 11 bilhões de DVDs por ano, ou 1 milhão de DVDs por hora, de tráfego de informações pelas redes brasileiras. Os dados são do estudo Cisco Visual Networking Index, que prevê e analisa o crescimento de redes IP (Internet Protocol) e as tendências globais, divulgado nesta quarta-feira.

Segundo o estudo, a média global de tráfego de internet deve crescer quatro vezes no mesmo período, superando 1,3 trilhão de gigabytes por ano em dados. A Cisco prevê ainda uma proliferação global de dispositivos e de usuários conectados. Em 2016, haverá aproximadamente 18,9 bilhões de dispositivos como computadores, tablets e smartphones - quase 2,5 conexões para cada pessoa no planeta - contra os 10,3 bilhões registrados em 2011. O número de internautas deve crescer para 3,4 bilhões de pessoas, 45% da população mundial.

No Brasil, serão 617 milhões de dispositivos conectados até 2016, segundo a estimativa da Cisco, o que equivale a três aparelhos por pessoa - contra os 332 milhões em 2011 - ou 1,7 por pessoa. Haverá 98 milhões de usuários de internet em 2016 no País, frente aos 61 milhões em 2011.
Banda larga

A Cisco prevê que a velocidade média da banda larga no Brasil aumentará 2,8 vezes entre 2011 e 2016, passando de 4,9 megabytes por segundo (Mbps) para 14 Mbps. A média global, no entanto, será bem maior em 2016: espera-se que a média de velocidade de banda larga fixa aumente cerca de quatro vezes, de 9 Mbps em 2011 para 35 Mbps em 2016.

NO Brasil, 43% das conexões serão superiores a 5 Mbps, enquanto outras 17% serão maiores que 10 Mpbs. A banda larga móvel terá um crescimento maior, de 11 vezes, segundo o estudo da Cisco, mas atingirá uma velocidade menor, de 1.997 Kbps.

Fonte: Techtudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário