segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Mais da metade dos usuários de redes sociais corre risco de ser preso

Um estudo realizado pelo site knowthenet.org.uk aponta que mais da metade dos usuários de Internet correm risco de serem presos. As acusações poderiam ser várias, como violação de direitos autorais, invasão de privacidade, processos por comentários difamatórios e ofensivos ou até incitação de tumultos.

Redes sociais (Foto: Reprodução)
A pesquisa foi iniciada quando dois jovens foram presos na Inglaterra, no primeiro semestre de 2011, após tentativas de incitar um motim através do Facebook. A pesquisa foi feita com dois mil jovens ingleses entre 14 e 21 anos, e a grande maioria não sabia que as leis convencionais também se aplicavam a eles na web. Desses mesmos jovens, 67% se sentem à vontade para compartilhar conteúdo com direitos autorais na Internet, como filmes, músicas ou jogos.

Diversas pessoas utilizam a web como um meio social, mas algumas acabam extrapolando e ofendendo amigos ou pessoas que sequer conhecem. Porém, apenas 42% dos entrevistados declararam saber que difamação era um crime previsto por lei com graves punições caso fosse denunciado. O diretor do site que realizou a pesquisa, Phil Kingsland, diz que a intenção desse estudo é mostrar para os jovens o quanto eles precisam se informar mais para que saibam o que estão fazendo.

Fonte: Techtudo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário